quinta-feira, 31 de março de 2011

D. Iná por Braga com a ajuda do Ismael

O Ismael Lopes disse que gostou de minha foto, que fiz da D. Iná, mas reparou que tinha muito azul,porque o céu estava aberto e a minha máquina não estava equilibrada e que resolveu mexer na foto, sem a minha autorização. Maé não esquece essa mania de ser politicamente correto, e me enviou um e.mail, para não parecer snoby, e disse: "além de não ter seu consentimento, para fazer o que fiz, convenhamos que seria um enorme exibicionismo de minha parte". Maé, conheço você desde antes da invenção da fotografia. Quando você ainda estava aprendendo a ler um livro velho de química para saber qual reagente respondia mais à luz... Pode interferir à vontade. Até porque, agora a foto não é mais minha. Foi feita à quatro mãos. E ficou muito melhor. Vou continuar fazendo minhas fotos. Se gostar de alguma pode mexer, já está autorizado.Grande abraço!

domingo, 27 de março de 2011

A Festa como devoção!

Iná Costa realiza o 19º Almoço dos Josés

em comemoração ao padroeiro de Paraisópolis, MG, São José

Os padres aprovam a iniciativa de D. Iná que faz o almoço

e convida os Josés da Cidade

Na sala o altar ao Santo de sua devoção. A Festa contou com o grupo folclórico dirigido por Getúlio Castro.
Logo na frente da casa a saudação em forma de música
Crianças, jovens e adultos se confraternizam na Festa dos Josés
A Casa de Dona Iná Costa estava repleta de convidados!

Uma janela para o Paraíso

Machadão visto da janela da velha estação de trem

hoje Centro Educacional e Cultural "Amilcar de Castro"

Cada janela uma visão privilegiada! Outra janela e mais um detalhe do Machadão!
A Serra da Mantiqueira e sua beleza natural
Vale a pena ver de novo!
TTem gente que até consegue ver um corpo de mulher deitada, tomando sol.

Você conhece alguma lenda sobre o Machadão?

sexta-feira, 25 de março de 2011

domingo, 20 de março de 2011

FESTA DE SÃO JOSÉ EM PARAISÓPOLIS

São José, ilustre descendente de Davi, rogai por nós
Luz dos Patriarcas, rogai por nós
Espelho da Paciência, rogai por nós
Esposo da Mãe de Deus, rogai por nós
Glória da Virgem pura, rogai por nós
Pai Nutrício do Filho de Deus, rogai por nós
Insigne defensor de Cristo, rogai por nós
Chefe da Sagrada Família, rogai por nós
José justíssimo, José castíssimo, rogai por nós
José prudentíssimo, José fortíssimo, rogai por nós
José obedientíssimo, José fidelíssimo, rogai por nós
Amador da pobreza, Modelo dos operários, rogai por nós
Honra da vida doméstica, Guarda das virgens, amparo das famílias, rogai por nós
Alívio dos infelizes, Esperança dos enfermos, rogai por nós
Padroeiro dos moribundos, Terror dos demônios, rogai por nós
Protetor da Santa Igreja, rogai por nós
Braga, acabei de dar uma espiada no blog. Com certeza Paraiso fica muito melhor sob o seu olhar....pode deixar que vou compartilhar a beleza da minha terra com todos aqueles que vieram ou passaram por lá e estão esperando o momento de voltar. E.T as outras fotos também são linda! Por favor, continue nos alimentando de Paraisópolis. Um bj grande pra vc e pra familia! Inté!! Teresinha Cardoso

Missa de São José em Paraisópolis


terça-feira, 15 de março de 2011

Ela passou e passa sempre por aqui.



"Paraisópolis sempre foi o meu Paraíso.

No tempo de criança,

íamos passear nessa linda cidade.

Passávamos em Brasóplois para ver o Castelinho e chegávamos à linda Paraisópolis,

para tomar sorvete.

Era bom demais.

Atualmente passo por lá uma vez por mês

e a cidade continua encantadora.

Viva Paraisópolis, a cidade Paraíso".

Rita Elisa Seda

Escritora, Fotógrafa, Jornalista, Pesquisadora.

Autora de:

"Cora Coralina, Raízes de Aninha"

"Eugênia Sereno: A Menina dos Vagalumes"

"Retalhos de Outono"



domingo, 13 de março de 2011

Paraisópolis, MG, hoje antes da missa!!!

Antiga DECOLAR do Zé do Jayme, agora a moderna Ótica São José
Você viu o Machadão lá atrás?

Olha o Centenário "Bueno de Paiva"!

Fonte e Concha Acústica em Parais[ópolis,MG

A Praça Cel. José Vieira em Paraisópolis,MG, a mais bonita da região!

sexta-feira, 11 de março de 2011

Está no facebook

Na Rede Social resolvi postar algumas fotos de minha querida Paraisópolis. Recebi vários comentários e outras pessoas conhecidas e até desconhecidas curtiram. Recebi sugestões para publicar fotos do Mercado Municipal e até do nosso famoso pastel. Como precisava atualizar minhas fotos fui até o, carinhosamente chamado, Mercadão. Tinha muita gente. A maioria de fora e outros filhos de Paraisópolis que não resistem a dar uma passadinha do Mercado e saborear os pastéis.
Tenho a pastelaria de minha preferência. Assim como cada um pode ter a sua. Todas estavam lotadas. E posso garantir, você não vai errar, todos os pastéis são muito gostosos. Se quiser tirar a dúvida experiemnte um de cada. Os tradicionais são os de queijo, ou de carne. Mas você pode fazer algumas variações como, por exemplo, carne e queijo no mesmo pastel, ou queijo, com banana e canela, uma delícia!
Fiz algumas fotos mostrando o pastel sendo preparado nos velhos e bons cilindros para esticar a massa. Vi o pasteleiro picando, na hora o tomate e a cebola, para ser adicionados na carne moída, já previamente cozida. Muita gente comendo ali mesmo no balcão e quase todos levando para casa, este que é um dos símbolos da culinária paraisopolitana, juntamente com o torresmo, a empada, os pães. Estes, por enquanto, fora do Mercadão.
Também é muito difícil sair deste local que é um dos principais pontos de convergência da população e dos visitantes, sem comprar um queijo, feito na zona rural do município. Pela importância patrimonial, turística, social e até econômica algumas áreas do Mercadão Municipal merecem ser repaginadas.
Já imaginou um coreto bem no centro do Mercado, com músicos e poetas cantando, tocando e declamando, cercados por lanchonetes, restaurantes em áreas de alimentação confortáveis iguais às dos shoppings dos grandes centros urbanos e ainda com bancas com artesanatos e artigos regionais?
Será que é pecado imaginar o Mercado como um condomínio, com uma administração empreendedora, com idéias e ações arrojadas? Será que nenhum fiscal da Prefeitura entra no Mercado e vê que o grande polo de atração da cidade está precisando de melhorias em algumas de suas áreas? Como dizem os estrategistas: "o que não muda, acaba".
Quem é mesmo o responsável pelo turismo, cultura e preservação do patrimônio histórico de Paraisópolis?
beth_lahos disse...
Oras, Braga, por que você não se "candidata" a ser esse administrador-empreendedor?Paraiso só teria a ganhar... Imagina, essa idéia louca (lea-se genial) colocaria o Mercadão e, consequentemente, a cidade, dentro de um contexto turístico diferenciado. E poder-se-ia criar um calendário, por exemplo: às segundas, catiras; nas terças aqueles bons pagodes caipiras (caipira, sim, com muita honra!), nas quartas... Enfim, criar-se-ia um calendário que nem precisava ser tão fixo, podendo ser mudado de acordo com eventos especiais, datas especiais... (É bom "viajar, junto, não é não?)

quinta-feira, 10 de março de 2011

Obra de Amilcar de Castro em Paraisópolis

Um olhar sobre Paraisópolis

Paraisópolis que eu tanto amo!
Casarão da Rua Sete de setembro, qual será o seu destino?
Em todas as bancas o pastel de Paraisópolis é muito saboroso!
Estes eu levei para casa!

Giselle Lourenço: Hahaha, eu vi sim sobre os pastéis! Estou até hoje com vontade de comer! Quando eu for lá, vou lembrar de comê-los... E olha que já fui lá muitas vezes, mas Paraisópolis por Braga Barros ficou diferente e eu não sabia de todos os encantos de lá. Agora a coisa muda de figura...
Outra banca do Mercadão
Nada é mais gostoso do que namorar na praça!
Mesa de trabalho do sapateiro, em Paraisópolis, MG
No lugar da Guanabara, Cristo olha o Paraíso lá do alto do Cruzeiro
Não tem o que fazer, vá pescar!
Machadão, a beleza em todos os ângulos.
A Praça Cel. José Vieira, o coração de Paraisópols!
O amanhecer no Sítio, na serra dos Goulart